reflexões

O que a Terraformation nos ensina sobre investimento em cleantechs

O que a Terraformation nos ensina sobre investimento em cleantechs

3 minutos Rodada de USD 30 MM de uma startup de impacto ambiental desafia critérios clássicos de investimento em startups Venture Capital (VC) é considerado um business estatístico: de 200 startups que são financiadas pelos principais VCs do mundo, apenas 15 delas geram quase todo o retorno econômico desses fundos, aponta levantamento do CFI. Esta modalidade de investimento consiste na compra de equity (participação acionária) de empresas emergentes. Ao virar sócio, a aposta é a valorização das ações e sua realização em uma possível saída Continue lendo

Quem paga a conta do desenvolvimento de um pipeline de negócios de impacto maduro?

Quem paga a conta do desenvolvimento de um pipeline de negócios de impacto maduro?

2 minutos Reflexões sobre caminhos para o amadurecimento do ecossistema No final de 2019 os investimentos de impacto no Brasil somavam US$ 785 milhões, mais que o dobro de dois anos antes (US$ 343 milhões). Com a ascensão do ESG e o olhar dos investidores para o retorno além apenas do financeiro, a tendência é que ainda mais investimento de impacto seja direcionado para o setor (entenda neste outro texto a diferença de investimentos de impacto e ESG). A dúvida que vem então é: teremos um Continue lendo

Ouse dar potência à humanidade que existe em você

Ouse dar potência à humanidade que existe em você

4 minutos O que a gente precisa é de gente humana, inconformada, corajosa — e disposta a agir “ESG”, felizmente, chegou ao mainstream. Cada vez mais há recursos para fundos de investimento de impacto. Contornada por diversos conceitos distintos (como Empresas B, capitalismo consciente, capitalismo de stakeholders, negócios de impacto, entre outros), a ideia de que não basta se satisfazer apenas com o lucro e retorno financeiro gerado chegou. A ideia de que é preciso olhar além – seja mitigando riscos, adotando práticas alinhadas aos Continue lendo

Economia Donut: a tese sobre os 5 estágios das empresas na transição para um modelo mais sustentável

Economia Donut: a tese sobre os 5 estágios das empresas na transição para um modelo mais sustentável

9 minutos Não é de hoje a percepção e o alerta de que os modelos econômico, industrial e empresarial estão pressionando os limites sustentáveis do planeta. Há um movimento de muitas empresas e indivíduos em busca de alternativas e ações para reduzir o seu impacto negativo e gerar impacto positivo. São diversos modelos, agendas e pensamentos propostos para apoiar as empresas e toda a sociedade nessas ações, por exemplo a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Um dos modelos propostos para gerar Continue lendo

O processo de validação e os voos de galinha

O processo de validação e os voos de galinha

9 minutos Conduzir a seleção de negócios e empreendedores aqui no Quintessa me fez perceber que muito se fala sobre a jornada de validação de um negócio, mas pouco se fala sobre o que faz um negócio estar ou não validado no mercado. Em que momento você está preparado para simplesmente replicar o que está fazendo para ganhar tração comercial e quando é a hora de dar alguns passos para trás e rever premissas que já estavam dadas como verdades absolutas? Viver o período Continue lendo

Você sabe em qual estágio de maturidade o seu negócio está?

Você sabe em qual estágio de maturidade o seu negócio está?

11 minutos Um dos erros mais comuns que vemos entre os empreendedores é de quererem pular etapas na construção do seu negócio. De querer, por exemplo, focar em vendas quando ainda não têm clareza da real necessidade do cliente, ou de focar na expansão quando seu modelo de negócio atual ainda não se prova sustentável financeiramente. O conceito das etapas de maturidade de um negócio não é exato. Cada fundo de investimento, aceleradora ou iniciativa de suporte a startups acaba usando nomenclaturas próprias, critérios Continue lendo

Reflexões para todo(a) empreendedor(a) no início da jornada

Reflexões para todo(a) empreendedor(a) no início da jornada

13 minutos Tirar uma ideia do papel e começar um negócio de impacto é um grande desafio, sendo preciso coragem e resiliência para apostar o seu tempo, esforço e dinheiro para levar a ideia adiante e encontrar um modelo de negócio sustentável e lucrativo. Conseguir se manter de pé nos primeiros meses ou anos do seu negócio é um dos momentos mais difíceis na jornada, por isso esse processo de validação é também chamado de “vale da morte” para muitas startups. No Quintessa, nos Continue lendo